Últimas Notícias

Aproximar produtos, produtores, chefs e cozinheiros do público. Aqui o Projeto Aproxima traz o que acontece no dia a dia do campo, nas cozinhas dos melhores estabelecimentos de Minas Gerais e apresenta os principais movimentos que buscam valorizar nossa gastronomia.

Confira as notícias mais importantes daqueles que fazem parte do Projeto Aproxima e como eles trabalham diariamente com o cultivo e com a transformação dos melhores produtos mineiros.

CIRCUITO APROXIMA USA A ARTE PARA ESTIMULAR AÇÕES DE SUSTENTABILIDADE

CIRCUITO APROXIMA USA A ARTE PARA ESTIMULAR AÇÕES DE SUSTENTABILIDADE

Terroir Central

21 . out . 2018

A GASTRONOMIA SUSTENTÁVEL estará em evidência na região da Savassi, entre os dias 19/10 a 11/11. Este é o tema da 5ª edição do Circuito Aproxima, que conta com a participação de 26 estabelecimentos em um roteiro de dar água na boca. Para conferir um charme ainda mais especial ao evento, onze designers mineiros foram convidados para customizar bicicletas, tendo como desafio despertar o olhar para o tema da sustentabilidade e inspirar novas ações.

A agência Nemer Fornaciari Design criou a Bike “O Consumo me Consome”, com o conceito de bicicleta-utilitária, que representa a relação do homem com o consumo e a natureza.  Já Rafael Maia criou a bicicleta “chácháchá”, com três blends de chás feitos com ervas colhidas por ele no quintal da casa de sua avó.

A Greco Design cuidou da leveza no uso do entorno, no deslocamento urbano, no processo de cultivo dos alimentos, nas palavras e na relação com os outros. Como que numa alusão ao cavalo com asas, a bicicleta fala do peso versus a leveza.

A artista plástica Clara Valente também foi fundo na essência do Circuito Aproxima e, usando técnicas comospray, colagem, assemblage e tinta acrílica criou a Satio (que em latim quer dizer sazonal). É, portanto, uma bicicleta com balaio de bambu, galhos de árvores secas e frutas da estação tara catar e levar para casa.

Por outro lado, a Tropical Design Club criou delírios tropicais, explosões de alegria, pitadas de verão na “POC” – uma combinação de pedal e sustentabilidade na produção de pipoca. Fred Bandeira, da Agência Casasanto, deu vida à “Vaca Bike”. “A ideia veio a partir da busca por um símbolo importantíssimo para a Minas Gerais. A vaca é um animal que promove a transformação da energia contida em algo não comestível, como a grama, em um produto básico da gastronomia mundial, que é o leite. Ela aproxima o campo da nossa mesa”, explica.

O Coletivo Alpendre + Cacá Cabral fizeram a “Kokebike”, inspirada na arte contemplativa do Kokedama, unindo horta urbana, plantas alimentícias não convencionais e mobilidade. Ainda neste pensamento da pólis, Fernando Maculan e Felipe Fontes criaram a “Sintropicana”, pensada para ser a bandeira de um movimento que carrega e populariza o pensamento sintrópico para um novo estilo de vida urbano, onde consciência corporal, social, ecológica, econômica, cultural e de cidadania são partículas fundamentais em um sistema de equilíbrio e reposição contínua de energia.

O Estúdio Lampejo e o designer André Victor foram um pouco mais longe e, com a bike “Eu não ando só”, propôs uma ação performática coletiva que parte do uso e do compartilhamento efetivo da bicicleta oferecida pelo Circuito Aproxima. A ação convida ao uso cotidiano da bicicleta como signo da democratização do transporte e do acesso à cidade, articulando uma rede de pessoas. O usuário que estiver na posse da bicicleta poderá usá-la livremente na cidade para se deslocar, podendo criar interferências visuais na sua estrutura, e então deverá passá-la adiante para outro usuário de sua escolha. A ação vai acontecer por tempo indeterminado, sem que haja um prazo para seu encerramento. O percurso da bicicleta poderá ser acompanhado através da #eunãoandosó e do instagram @bikedacidade.

Participam ainda da instalação a artista Maria Cândida Vecchi e o designer gráfico Luis Matuto. As bikes ficarão expostas na rua Antônio de Albuquerque, também conhecida como “Via Albuquerque”. “Nosso objetivo é provocar uma reflexão sobre a importância de se pensar na sustentabilidade no dia a dia. Por isso, convidamos vários empresários e designers para abraçarem esta causa”, ressalta o idealizador do Circuito Aproxima, o gastrônomo Eduardo Maya.

O Circuito Aproxima tem o patrocínio da Cervejaria Wäls, do Uber, do Verdemar e da Vilma Alimentos.

Conheça todos os estabelecimentos participantes, seus pratos e ações sustentáveis: www.projetoaproxima.com.br/circuito-aproxima